Quantos e-mails são e-mails DEMAIS?

Uma das partes mais difíceis da entregabilidade e otimização de e-mail é o fato de que não existe uma solução única para todos. A situação de um remetente pode variar tão amplamente de outro que um conselho para o Remetente A seria prejudicial para o Remetente B. Mas algo que você pode começar a usar para analisar o que você precisa fazer para melhorar a reputação do remetente do seu e-mail e a entregabilidade como um todo para um melhor ROI de e-mail é descobrir o volume certo de e-mails para enviar no geral.

Para ser claro, não se trata exclusivamente de frequência ou é somente determinado pelo tamanho da lista. A soma dessas duas partes é, em última análise, o que determina o volume total de envio. Talvez um remetente com uma lista de 1 milhão de pessoas envie uma newsletter diária, enquanto uma grande empresa tem uma lista de 30 milhões, mas envia apenas uma comunicação mensal. Isso significa 30 milhões de mensagens por mês para cada um, mas com a empresa maior enviando apenas “um e-mail”, pode parecer que eles não enviam muito. Por outro lado, alguém que recebe e-mails diários de uma marca pode ficar cansado com a frequência da empresa menor.

Então, como saber quando se está enviando a quantidade certa de e-mail? Quanto é DEMAIS?

Do lado do destinatário, a TechnologyAdvice lançou algumas pesquisas este ano para determinar os motivos mais comuns pelos quais as pessoas marcam e-mail como spam, e você não ficará surpreso com o principal motivo.

Da mesma forma, quando questionados sobre o que as marcas poderiam fazer para melhorar no e-mail, eles responderam simplesmente: “fazer mais, mas com menos”.

Ao usar uma plataforma como Validity for Email, você obtém insights de algumas métricas chave de engajamento para te ajudar a determinar o volume de e-mail mais apropriado para seus assinantes. É importante ficar de olho nessas métricas por vários motivos.

Por exemplo, se você bombardeia os assinantes com e-mail irrelevante ou inoportuno, aumenta a probabilidade de eles ignorarem suas mensagens ou marcá-las como spam. Provedores de e-mails como Microsoft, Google e Verizon Media se concentram em sinais positivos e negativos de engajamento do assinante como parte de seu processo de filtragem de spam. Quando os assinantes ignoram ou reclamam das mensagens da sua marca, é uma indicação para os provedores de e-mails de que suas mensagens não são desejadas e devem ser entregues na pasta de spam, e não na caixa de entrada.

Isso pode fazer com que todas as mensagens sejam colocadas na pasta de spam, o que pode impedir até mesmo os assinantes ativos de verem suas mensagens em suas caixas de entrada. Se ninguém está vendo seu e-mail, ninguém está agindo em relação ao seu e-mail e o seu ROI afunda.

Para evitar esse destino, é fundamental ter visibilidade das métricas de engajamento do assinante. Preste muita atenção às taxas de engajamento positivas, como aberturas e cliques, mas também monitore sinais negativos como reclamações de spam ou sua taxa de “excluído sem ler”. Essas métricas irão flutuar com base em fatores como sazonalidade ou acontecimentos mundiais. Se você não está planejando sua estratégia de e-mails em torno dessas métricas e pensando no sucesso a longo prazo, você pode acabar enviando muitos e-mails. Por exemplo, um parque de diversões fechado durante o inverno não enviaria (e definitivamente não deveria) enviar tantas mensagens durante esses meses. Se a frequência da mensagem não for ajustada adequadamente, você verá uma diminuição na tolerância dos assinantes em relação às suas mensagens.

Embora a Validity possa fornecer os números brutos, sabemos que a vida não é apenas um jogo de números. Você também vai querer entrar no coração e na mente de seus clientes fazendo um pouco mais de investigação. Tente fornecer uma pesquisa de cancelamento de inscrição, pois as pessoas estão optando por não receber seus e-mails, ou envie um e-mail único, talvez em sua sequência de boas-vindas, permitindo que seus destinatários personalizem a frequência de e-mails. Você pode até mesmo fazer com que os assinantes escolham sua preferência de frequência durante o processo de inscrição para personalizar sua experiência e reduzir a probabilidade da chamada “fadiga de mensagens”.

Acima de tudo, não se esqueça que o e-mail ainda é um meio de conversa. Você não quer ter uma conversa unilateral com alguém que o ignorou. Seja um bom conversador, use todos os seus sentidos (métricas!) para captar os sinais e você começará a saber exatamente quanto e-mails são e-mails demais.

leitura de um minuto

Artigos populares

Produtos

BriteVerify

A verificação de e-mails BriteVerify confirma em tempo real que um endereço de e-mail realmente existe

DemandTools

A ferramenta de qualidade de dados N° 1 do mundo, usada por milhares de administradores satisfeitos do Salesforce

Everest

Insights e dicas de entregabilidade da única solução completa para email marketing

GridBuddy Cloud

A experiênica de usuário mais produtiva do ecossistema Salesforce

Return Path

Capacidade de entrega by aplicativos exclusivos de primeiro mundo para otimizar programas de marketing por e-mail

Trust Assessments

Uma nova e revolucionária solução para avaliar a qualidade dos dados do Salesforce

Solutions

Validity for Email

Aumente a entrega em caixas de entrada e maximize o alcance de assinantes com dados válidos e úteis.  

Validity for Data Management

Simplifique a gestão de dados com soluções que melhoram a qualidade dos dados e aumentam a adoção de CRM.

Validity for Sales Productivity

Libere horas do dia de sua equipe de vendas com ferramentas projetadas para aumentar a produtividade e mitigar os riscos no pipeline em tempo real.