Email Verification & Marketing

Principais diferenças no e-mail ao redor do mundo

minute read

Post Image

Para os profissionais de e-mail marketing que trabalham em empresas globais, é vital entender que as táticas e estratégias que funcionam bem em algumas partes do mundo podem não ser bem-sucedidas em outras.

Adotar uma abordagem de “tamanho único” pode macular o relacionamento que você tem com os seus clientes e impactar negativamente o desempenho do seu e-mail. Portanto, é importante adaptar a sua estratégia de e-mail marketing para incorporar características regionais.

Vamos explorar algumas das principais nuances a serem observadas ao estabelecer uma estratégia global de e-mail marketing eficaz.

Fusos horários

Timing é tudo, especialmente quando se trata de e-mail. Se você planeja implantar uma campanha sensível a prazo/ duração relacionada a vendas instantâneas ou estoque limitado, é importante considerar que horas seu público receberá a mensagem. Enviar muito cedo (ou muito tarde) pode ter um impacto significativo no sucesso da sua campanha.

Por exemplo, digamos que você esteja planejando enviar uma campanha “somente hoje” por volta das 8h ET. As pessoas que moram nos EUA terão o dia todo para aproveitar a promoção, o que significa que você programou a implantação da campanha perfeitamente. Certo?

Talvez não. Se você também planeja enviar a campanha para pessoas fora dos EUA, convém repensar sua estratégia. Uma campanha enviada da costa leste dos EUA por volta das 8h será recebida no início da tarde na França – e no meio da noite na Austrália! Como essas regiões têm menos tempo para interagir com a sua campanha, sua taxa de engajamento provavelmente cairá.

Ao invés de programar a sua campanha para ser implantada em um único momento, considere programar envios para se alinhar aos horários de pico de engajamento de cada país ou região.

Linguagem

A linguagem que você usa para se comunicar com o seu público pode garantir o êxito ou o fracasso da sua campanha. Como profissional de e-mail marketing, é importante escolher suas palavras com cuidado, especialmente ao enviar para um público global.

Por exemplo, enquanto a linguagem direta é aceita nos EUA, os chineses dependem muito da comunicação indireta para manter relações harmoniosas. Se você não reconhecer essa diferença, sua mensagem pode parecer excessivamente agressiva.

Você também deve pensar duas vezes antes de incluir gírias em seu conteúdo de e-mail. Termos como “beat” (cansado), “blast” (divertido) ou “sick” (incrível) podem ser interpretados literalmente em outras partes do mundo. Em vez de significar “cansado”, “divertido” e “incrível”, esses termos informais podem ser lidos como “ferido”, “explosão” e “doente”, o que mudaria completamente o significado da mensagem!

O mesmo vale para referências culturais. Enquanto um público americano certamente reconhecerá “A vida é como uma caixa de chocolates” como uma citação do filme de sucesso Forrest Gump, seu público global pode não entender a referência imediatamente – e sua campanha pode fracassar.

Por fim, se você estiver escrevendo para públicos que falam o mesmo idioma, mas em dialetos diferentes, como espanhol latino-americano x espanhol castelhano, considere trabalhar com um tradutor que entenda as diferenças para evitar problemas de comunicação. Um tradutor pode te ajudar a ajustar as suas mensagens para que sejam lidas da maneira desejada.

Cultura

Ao enviar e-mails para públicos internacionais, é importante ser sensível à cultura de cada região para a qual você está enviando. O que pode parecer um conteúdo comum e corriqueiro para você pode ser visto como inapropriado em outras partes do mundo.

Por exemplo, se você está fazendo marketing para assinantes no Oriente Médio, você deve considerar o que as pessoas no seu banco de imagens estão vestindo. As pessoas que vivem no Oriente Médio são conhecidas por se vestirem com modéstia. Portanto, o que pode ser considerado uma roupa apropriada nos EUA pode ser vista como inadequada para as pessoas daquela região e não conectar com elas.

Leis de privacidade

LGPD, GDPR, PIPL, CASL, CCPA… O que essas siglas têm em comum? Eles representam algumas das muitas leis globais de privacidade em vigor atualmente.

Os consumidores de hoje esperam mais controle sobre como as marcas coletam e usam as suas informações pessoais. Várias regiões ao redor do mundo abordaram essa preocupação propondo legislação sobre privacidade do consumidor.

Você deve observar que a legislação geralmente se baseia em onde o destinatário do e-mail está localizado – não no remetente. Portanto, você deve estar ciente das leis antispam e de privacidade de e-mail em cada região para onde as mensagens são enviadas para garantir a conformidade.

Feriados e temporadas

A maioria dos calendários de e-mail marketing inclui campanhas relevantes para feriados e temporadas ao longo do ano. Mas é importante considerar se o momento de cada campanha é universalmente aplicável.

Digamos que você esteja planejando enviar uma campanha de Dia das Mães. No Brasil, Estados Unidos, Austrália, Alemanha, China e Grécia, o Dia das Mães sempre cai no segundo domingo de maio. Mas no Reino Unido e na Irlanda, acontece três semanas antes da Páscoa. Certifique-se de ajustar o horário da sua mensagem do Dia das Mães por região para garantir que ninguém receba sua mensagem muito cedo ou muito tarde.

O conteúdo sazonal também pode ser complicado. Por exemplo, muitos varejistas dos EUA podem apresentar roupas de inverno em suas campanhas de janeiro. Mas no Brasil, a temperatura média do país gira em torno de 26º nessa época do ano! Considere se o conteúdo do seu e-mail é sazonalmente apropriado para cada público antes de enviar.

Conclusão

À medida que seu negócio continua a crescer, o mesmo acontecerá com o escopo da sua lista de e-mail. Assegure-se de que sua estratégia global de e-mail permaneça eficaz ao longo do tempo, mantendo essas principais diferenças de e-mail em mente.

Em seguida, descubra como seu programa de e-mail se compara a outros remetentes globais baixando o Relatório de E-mail 2022: Domine o Novo Cenário do E-mail. Este relatório se baseia na rede de mais de 2,5 bilhões de caixas de entrada da Validity – a maior rede de dados de e-mail do setor – e contém dicas, previsões e insights de especialistas que você não encontrará em nenhum outro lugar.