Por que profissionais de marketing devem amar os filtros de spam

Muitos profissionais de marketing já consideraram filtros de spam como obstáculos para o relacionamento com seus assinantes, mas hoje em dia estão mais propensos a agradecerem a essas filtragens por tornarem suas campanhas mais eficazes.

Assim como um cafézinho é necessário para encarar uma segunda-feira (e o filtro do café garante uma xícara bem coada), o e-mail precisa de filtragens de spam para funcionar corretamente. Esses filtros não podem ser evitados: quando um e-mail é enviado, ele será filtrado – seja para a caixa de entrada, pasta de lixo ou tendo sua entrega completamente bloqueada. Entender como trabalham e quais seus propósitos ajudará profissionais de marketing a usá-los a seu favor.

O que é um filtro de spam?

É um programa utilizado para classificar e-mails recebidos, de modo a diferenciar mensagens legítimas das que podem ser consideradas ‘lixo’, também conhecidas como spam. O propósito original de um filtro era o de identificar spams, para que o e-mail pudesse ser bloqueado ou direcionado à pasta apropriada. Atualmente, provedores de serviços de e-mail como o Gmail utilizam essas filtragens como raciocínios adicionais, para ajudar a decidir em quais pastas deve ser direcionada cada mensagem (por exemplo: Principal, Social, Promoções, Atualizações e Fóruns).

Como você pode observar nos dois exemplos abaixo, newsletter são colocadas na aba de ‘Atualizações’, enquanto promoções/vendas são direcionadas à aba de ‘Promoções’.

Por que provedores de e-mail utilizam filtros de spam?

Conforme indicado no Relatório de Benchmark do Sender Score, a maioria dos e-mails enviados mundialmente é spam e apenas 28% das mensagens enviadas chegam às caixas de entrada. Ou seja: a maior parte dos e-mails enviados é spam, mas a maioria dos e-mails que é realmente entregue não é spam, principalmente devido a esses filtros que impedem que mensagens ilegítimas cheguem às caixas de entrada. Provedores de e-mail desejam que seus usuários confiem nas mensagens que lhes são entregues.

Benefícios aos provedores de e-mail

A filtragem de spam garante a experiência de usuário que os assinantes demandam, livre de mensagens claramente indesejadas e potencialmente abusivas – e isso é vital para a sobrevivência dos provedores. Seus usuários representam sua existência econômica e, caso suas experiências falhem a alcançar expectativas, eles irão se desengajar ou até mesmo abandonar suas contas. A concorrência por novos usuários é feroz e os custos de aquisição são altos – muito mais altos do que os custos de retenção de usuários existentes – então, o investimento de provedores de serviços de e-mail na satisfação do assinante, incluindo filtros de spam, é econômico e eficaz.

Benefícios ao profissional de marketing

Com a ausência de filtros de spam, as caixas de entrada ficariam rapidamente lotadas e profissionais de marketing não poderiam entregar as mensagens que seus usuários desejam receber. Isso resultaria em menores taxas de abertura, descadastro e um decréscimo na receita geral. Além disso, usuários não iriam mais desejar acessar suas caixas de entrada se, toda vez que o fizéssem, a maioria das mensagens fosse spam.

Benefícios ao consumidor

Sem filtros, usuários receberiam uma enorme quantidade de spam. Considerando o fato de que a maioria dos e-mails enviados é spam, os assinantes não poderiam distinguir quais mensagens realmente querem ler e quais são ‘lixo’. Além disso, também não poderiam buscar facilmente os e-mails que precisam (por exemplo, um ticket para um vôo ou show).

Para manter as caixas de entrada limpas e fazer com que as pessoas possam encontrar facilmente os e-mails que procuram, é necessário confiar nos filtros de spam. Para mais informações sobre essas filtragens, confira nossa checklist, Como Entregar na Caixa de Entrada.

Prev Next

minute read

Popular stories