Marketing Tips

9 dicas de sobrevivência para a baixa temporada

minute read

Post Image

Se você está vivo ao final de mais uma temporada caótica de pico de vendas, reserve um momento para comemorar.

Parabéns! É hora de respirar fundo, reagrupar e trabalhar na estratégia.

A alta temporada de vendas representa o ponto alto de tráfego e vendas do ano para a maioria das empresas. Esse período costumava se estender do Dia de Ação de Graças até o Ano Novo. Agora, começa em outubro e dura até meados de fevereiro – o que significa alguns meses cheios de pressão para a maioria dos profissionais de e-mail marketing.

Após esse esforço gigantesco, pode ser tentador sentar e relaxar. Mas não tão rápido: você ainda tem metas para atingir e assinantes para engajar.

Com o planejamento correto, você pode aproveitar ao máximo a baixa temporada encontrando novas maneiras de engajar os consumidores, melhorar o seu programa de e-mail e estabelecer as bases para uma temporada de pico de vendas ainda mais bem-sucedida no futuro.

Não sabe por onde começar? Siga estas dicas para um e-mail marketing bem-sucedido fora de temporada:

1. Solicite feedback do cliente

Veja o período de baixa temporada como um momento de aprendizado para aprimorar as personas dos compradores, construir a confiança do cliente e fazer com que os seus assinantes saibam que as suas vozes estão sendo ouvidas.

Muitas marcas usam o período de baixa temporada para enviar pesquisas aos clientes, solicitar avaliações e coletar feedback no geral. Claro, você tem suas métricas de desempenho usuais para medir quais ofertas (campanhas, produtos, webinars etc.) foram sucessos e quais deixaram a desejar. Mas coletar feedback do cliente diretamente da fonte pode fornecer informações valiosas que vão além dos números.

A solicitação de avaliações também fornece mais conteúdo para você usar ao longo do ano. Encontre maneiras de inserir avaliações ou depoimentos positivos em e-mails, no seu site e nas mídias sociais.

As marcas estão reconhecendo o valor inerente do feedback do cliente e oferecendo incentivos para coletar suas opiniões. Este exemplo, da varejista de roupas íntimas Knix, oferece aos clientes US$ 15 de desconto em sua próxima compra em troca do preenchimento de uma pesquisa de feedback.

Não tenha medo de algumas críticas negativas: é preciso vê-las como uma oportunidade de aprendizado para melhorar a experiência do cliente.

2. Mantenha um volume de envio regular

Reduzir o volume regular de envio de e-mails durante a baixa temporada é normal. Mas os profissionais de e-mail marketing ainda precisam manter uma cadência regular.

Por quê? A comunicação consistente por e-mail mantém sua marca na mente dos assinantes. Mesmo que eles não estejam querendo comprar agora, eles naturalmente lembrarão da sua marca quando chegar a hora de adquirir o seu produto ou serviço.

Ficar muito tempo sem enviar e-mails pode fazer com que os assinantes esqueçam sua marca. Isso torna seu público mais apto a cancelar a inscrição ou marcar e-mails como spam quando você finalmente entrar em contato.

Se você enviar três (ou mais) e-mails por semana durante a alta temporada de vendas, tente reduzir para um envio semanal durante a baixa temporada. Esse volume reduzido mantém você visível para o seu público sem deixar você em risco de enviar conteúdo potencialmente repetitivo para assinantes cansados.

À medida que a alta temporada se aproxima, aumente gradualmente a sua cadência para que os assinantes (especialmente os novos) não fiquem sobrecarregados com um aumento repentino nos e-mails.

3. Crie um programa de indicação de clientes

Crie um programa de indicação para recompensar os clientes que divulgam sua marca. O boca a boca é uma ótima ferramenta de marketing, e a maioria das pessoas está mais do que disposta a fazer parte da conversa com um pequeno empurrão.

Mais uma vez, os incentivos em dinheiro podem ser um grande trunfo. Este exemplo, da varejista de roupas Dia, oferece aos assinantes um cupom de US$ 25 para eles e para o amigo que indicarem a marca.

4. Implemente uma campanha de reengajamento

Enviar uma campanha de reengajamento durante a movimentada temporada de festas provavelmente cairá nas caixas de entrada do esquecimento. As caixas de entrada dos seus assinantes ficam lotadas durante esse período. A última coisa que eles querem é mais e-mails.

No entanto, o período de baixa temporada é o momento perfeito para recuperar contatos desengajados. Sem a enxurrada de e-mails sazonais para competir, há uma chance maior da sua campanha de reengajamento ganhar a atenção do seu público.

Aproveite esse tempo para contatá-los com uma cadência de reengajamento cuidadosamente planejada. Certifique-se de que essa cadência inclua um link do centro de preferências para que os assinantes possam optar com que frequência desejam receber e-mails e se estão interessados em tipos específicos de conteúdo.

Se ainda não houver atividade de determinados assinantes, você poderá movê-los sem medo para uma lista de supressão.

A supressão de assinantes não engajados ajuda você a construir uma melhor reputação de remetente e a manter uma entregabilidade consistente quando for mais importante — a próxima temporada de pico de vendas.

5. Planeje promoções culturais*

Colabore com a sua equipe de mídia social para realizar promoções culturais com foco no cliente. Uma estratégia comum é a realização de sorteios para pessoas que compartilham determinada hashtag ou marcando amigos em várias plataformas sociais.

Você também desenvolver a ação para aumentar a sua lista de assinantes compartilhando um formulário de inscrição especial para o seu programa de e-mail como outro método de inscrição na promoção. Insira esses novos assinantes em uma cadência de boas-vindas voltada especificamente para atualizações da promoção cultural para mantê-los engajados.

*Consulte a legislação do seu país sobre promoções culturais para garantir que nem o consumidor nem a marca corram riscos!

6. Otimize os seus modelos de e-mail

Ao usar um template monótono, até os e-mails mais interessantes podem errar o alvo. O período de baixa temporada é o momento perfeito para otimizar os seus modelos para que eles tenham o máximo impacto.

Os remetentes podem aproveitar para:

  • Realizar testes A/B simples de layouts de design e linhas de assunto.
  • Revisar mapas de calor de cliques para procurar elementos de design que chamam mais atenção.
  • Confirmar se os seus templates estão atualizados com os padrões recentes de acessibilidade, que talvez possa exigir que você implemente fatores como texto simples, uso generoso de espaço em branco e contraste de cores usando o modo escuro para permitir que as mensagens possam ser lidas por um público mais amplo.
  • Verifique se o seu provedor de serviços de e-mail (ESP) oferece algum treinamento ou práticas recomendadas para usar os seus criadores de templates. Alguns fazem atualizações regularmente ou criam novos recursos para os remetentes experimentarem.
  • Revise todos os e-mails nos seus workflows de automação e verifique três vezes se todos os links ainda são válidos.

7. Promova pré-vendas

Comércios sazonais, como resorts de esqui, parques de diversões ou acampamentos de verão, podem usar a baixa temporada para promover vendas de acesso antecipado.

Considere implementar uma série de cadências de e-mail simples, como esta campanha da Aspen Snowmass, para informar aos clientes que os preços do ingresso de temporada serão publicados em uma data específica.

Adicionar um elemento de urgência ao tempo também pode estimular os assinantes a agirem rapidamente.

8. Explore novos elementos que dão mais impacto aos seus e-mails

As Accelerated Mobile Pages (AMP) permitem o carregamento mais rápido de e-mails que são mais dinâmicos e interativos. Por exemplo, os destinatários de e-mail agora podem fazer pesquisas diretamente em um e-mail, ao invés de navegar para uma página de destino separada. A integração da AMP em seus modelos de e-mail oferece a liberdade de aproveitar as vantagens competitivas de design, como formulários dinâmicos, carrosséis e menus hambúrguer.

Os volumes de envio de e-mail podem diminuir durante a baixa temporada, mas o reconhecimento da marca na caixa de entrada ainda é fundamental: a pesquisa da DMA (patrocinada pela Validity) revela que “reconhecer a marca” é o fator mais importante para a abertura de e-mails. Os remetentes devem considerar a implementação de Indicadores de Marca para Identificação de Mensagens (BIMI), uma especificação de e-mail que exibe logotipos da marca ao lado de e-mails nas caixas de entrada dos assinantes.

9. Limpe sua lista

Como profissional de e-mail marketing, o seu banco de dados de assinantes é o seu ativo mais valioso. Para proteger esse ativo, os remetentes precisam seguir as práticas recomendadas de higiene da lista. Para manter sua lista limpa, faça a higiene por meio de uma ferramenta de validação para reduzir a sua taxa de bounce e proteger a sua reputação de remetente. BriteVerify, da Validity, é uma opção líder de mercado.

Em seguida, revise cuidadosamente suas estratégias de segmentação de lista para ver o desempenho de cada segmento durante a alta temporada. Isso fornecerá dados acionáveis para otimizar seu alcance no futuro.

Conclusão

A baixa temporada de vendas é o momento perfeito para os profissionais de e-mail marketing se atualizarem sobre o mundo em constante mudança do e-mail. Felizmente, existem amplos recursos gratuitos para ajudá-lo a se manter na crista da onda sobre as tendências do setor, novas tecnologias, informações competitivas e práticas recomendadas.

Para receber dicas sobre como manter um desempenho de e-mail consistente durante todo o ano, participe da série mensal de webinars “State of Email Live” da Validity. Esta série compartilha insights de especialistas, dados atualizados e dicas práticas para manter os profissionais de e-mail marketing na vanguarda.