Email Verification & Marketing

5 dicas de pré-envio para otimizar o desempenho do seu e-mail

minute read

Post Image

A caixa de entrada está ficando mais cheia a cada dia. Para que as campanhas de e-mail marketing sejam bem-sucedidas, elas devem se destacar, fornecer valor e engajar os leitores.

É aí que entra a otimização de e-mail.

A otimização pré-envio é uma das formas mais eficazes de aumentar o desempenho do seu e-mail. Mas como pode ser um processo longo e complicado, muitas vezes é ignorado pelos profissionais de e-mail marketing.

Felizmente, existem muitas maneiras rápidas e simples de otimizar a sua campanha de e-mail antes de enviar. Vamos olhar mais de perto a otimização de pré-envio e rever algumas dicas que você pode adotar hoje para melhorar o desempenho do seu e-mail.

Por que a otimização pré-envio é importante?

As campanhas de e-mail podem ser otimizadas em muitos estágios diferentes. Mas algumas das melhores oportunidades de otimização vêm antes mesmo de você clicar em enviar.

Depois de lançar a sua campanha de e-mail, ela estará disponível para todos do seu mailing ver. Se você cometeu um erro de digitação, enviou para endereços inválidos ou incluiu um link quebrado, não há nada que possa fazer para corrigi-lo. Isso pode prejudicar a sua entregabilidade, reputação de remetente, taxa de engajamento e, por fim, o seu ROI.

A otimização pré-envio permite que você faça alterações direcionadas que podem evitar esses tipos de erros, melhorar a experiência do usuário e aumentar a probabilidade de sucesso de sua campanha.

Dicas para otimizar o desempenho do e-mail

Aqui estão algumas dicas rápidas e simples para otimizar o desempenho do seu e-mail antes de clicar em enviar:

Dica 1: Aperfeiçoe a linha de assunto.

A linha de assunto é um dos elementos mais importantes de um e-mail.

Se a sua linha de assunto não for boa, seus assinantes irão escanear sua mensagem sem abri-la e todo o seu trabalho duro terá sido em vão.

Para criar uma linha de assunto que merece ser clicada, leve estes fatores em consideração:

  • Dispositivos diferentes. Cada pessoa lê seu e-mail de forma um pouco diferente. Alguns gostam de usar o celular para rolar pela caixa de entrada, enquanto outros preferem navegar em um desktop. Como o seu e-mail pode ser lido em diferentes tamanhos de tela, não há tamanho ideal para uma linha de assunto (o que pode ser facilmente visto em um desktop pode ser cortado em um dispositivo móvel). Concentre-se em ser conciso e comunicar o que é mais importante primeiro. Dessa forma, a ideia principal está lá, mesmo que sua linha de assunto seja cortada. Você também pode usar uma ferramenta “Visualizador de linha de assunto” para visualizar sua linha de assunto antes de clicar em enviar.
  • Emojis atraentes. Experimentar emojis pode ser uma excelente maneira de ajudar você a chamar a atenção dos seus assinantes e se destacar na caixa de entrada. Para começar a usá-los hoje, selecione um emoji de um site como Get Emoji ou Emojipedia e cole-o no campo da linha de assunto ao criar a sua campanha de e-mail.
  • Força da palavra-chave. Um verificador de palavras-chave de linha de assunto de e-mail oferece o poder de testar e criar frases que causarão o maior impacto na caixa de entrada do seu assinante.

Dica 2: Envie para o público certo.

Para que uma campanha de e-mail seja bem-sucedida, é fundamental que você envie apenas para endereços de e-mail válidos. O envio para endereços inválidos é visto como um comportamento de “spam” pelos provedores de e-mail e pode prejudicar sua entregabilidade e a reputação de remetente.

Também é importante que você envie apenas para pessoas que desejam receber as suas mensagens. Se você estiver enviando para pessoas que não optaram pelo seu programa de e-mail ou não se beneficiariam do recebimento de suas mensagens, é provável que receba muito mais reclamações de spam, o que pode impedir que suas mensagens futuras cheguem à caixa de entrada.

Como parte do seu processo de pré-envio, certifique-se de responder “Sim” às seguintes perguntas sobre sua lista de e-mail direcionada:

  • Essas pessoas optaram pelo seu programa de e-mail? Se não, você tem um motivo legítimo para enviar esta mensagem?
  • Esta lista foi retirada de endereços que não existem mais?
  • Os endereços sem engajamento foram removidos/ estão recebendo menos mensagens?

Se você respondeu “Não” a uma ou mais dessas perguntas, você precisa trabalhar para melhorar a qualidade da sua lista de e-mail. Comece usando uma solução de verificação de contato para validar todos os endereços da sua lista. Isso ajudará você a criar um banco de dados limpo e acionável para que você possa alcançar e engajar mais pessoas em campanhas futuras.

Dica 3: Faça testes de e-mail pré-implantação.

Antes de agendar sua campanha, execute alguns testes de design para garantir que você esteja oferecendo a melhor experiência possível e incentivando o engajamento dos destinatários.

A maneira mais simples de fazer isso é usar uma ferramenta de teste de design automatizada para visualizar o seu conteúdo e verificar se as suas mensagens funcionam e são renderizadas corretamente. Uma ferramenta de teste pode ajudá-lo a identificar problemas com o conteúdo, incluindo imagens quebradas, texto alternativo ausente e links inválidos, antes que os seus destinatários o façam.

Certifique-se de revisar todo o conteúdo da mensagem antes de enviar, juntamente com outros membros da sua equipe para garantir que nada seja esquecido.

Dica 4: Avalie o tempo de carregamento.

As mensagens tendem a depender muito de imagens para mostrar seu conteúdo. Embora esses e-mails pareçam incríveis, às vezes eles podem parecer em branco quando as imagens não são carregadas. Por exemplo, GIFs animados e imagens otimizadas para dispositivos da Apple com Retina Display são arquivos notoriamente grandes, o que pode aumentar o tempo de carregamento.

Otimize as suas mensagens compactando seus arquivos de imagem com uma ferramenta gratuita como TinyPNG. Isso reduzirá o tamanho geral do arquivo e também o tempo de carregamento. Incluir menos imagens na sua mensagem também pode aumentar a probabilidade de que seu conteúdo seja totalmente carregado mediante solicitação.

As mensagens de e-mail geralmente são um tipo de conteúdo HTML que faz referência a imagens hospedadas em algum lugar da Internet. O conteúdo total não deve exceder 102 kb (qualquer valor maior pode resultar em mensagens sendo cortadas no Gmail).

Use ferramentas que limpam o código removendo espaços em branco e quebras de linha desnecessários ou removendo atributos e comentários vazios. Tenha em mente que isso requer algum conhecimento de HTML e CSS e, se não for feito corretamente, pode distorcer as suas mensagens.

Dica 5: Coloque conteúdo importante no topo do seu e-mail.

A parte superior do seu e-mail é onde você deve colocar os conteúdos mais importantes. Afinal, é a primeira seção que as pessoas veem quando abrem o seu e-mail! Aproveite ao máximo este espaço privilegiado incluindo seu logotipo e um call-to-action cativante.

Este também é um ótimo local para colocar um botão de descadastramento. Se alguém quiser parar de receber as suas mensagens, você deve dar a opção – caso contrário, cairá na alternativa que é clicar no botão de spam.

As pessoas que marcam as suas mensagens como spam prejudicam a sua reputação de remetente e aumentam as suas chances de cair na pasta de spam no futuro. Para evitar isso, certifique-se de colocar o link de cancelamento de inscrição na parte superior do seu e-mail e verifique se ele aparece clicável.

Conclusão

Aproveitar ao máximo o tempo limitado antes de enviar a sua campanha é a chave para o sucesso, e as táticas de otimização pré-envio podem te ajudar a fazer exatamente isso. Certifique-se de seguir estas dicas rápidas para evitar erros, melhorar o desempenho e aumentar o ROI do seu programa de e-mail.

Para mais informações sobre como medir a eficácia das suas campanhas de e-mail e solucionar problemas, confira nosso eBook, Os Fundamentos do Email Marketing